quarta-feira, 15 de maio de 2013

Ex-pastor é preso sob a acusação de estelionato em Sergipe

Vítimas dizem que compraram casa na planta, mas nunca receberam.
Suspeito diz que eleições e inadimplência prejudicaram a entrega dos lotes.

Marina Fontenele Do G1 SE

Suspeito afirma que eleições e inadimplência prejudicaram a entrega dos lotes (Foto: Marina Fontenele/G1) 
Suspeito afirma que eleições e inadimplência
prejudicaram a entrega dos lotes
(Foto: Marina Fontenele/G1)
O ex-pastor de uma igreja evangélica, Carlos Henrique Souza Quirino, 36 anos, foi preso preventivamente na segunda-feira (13) no município de Itabaiana, em Sergipe. Ele se afastou do cargo religioso em uma igreja em Campo do Brito depois do início da investigação pelo crime de estelionato que supostamente cometeu contra cerca de 100 pessoas.  De acordo com o delegado Deskson de Castro Almeida, essas vítimas compraram uma casa na planta em 2010, mas nunca receberam.
A Fundação El Shaddai, que pertence a Carlos Henrique, adquiriu um terreno no município de Itaporanga D’Ajuda e dividiu em 200 lotes de 40m²cada. “As pessoas pagaram de R$ 2,1 mil a R$ 2,5 mil, mas as casas que foram prometidas nunca foram construídas”, afirma Deskson.
No entanto, o suspeito diz que nunca teve a intenção de prejudicar alguém. “Se eu fosse um criminoso eu não teria feito a topografia, terraplanagem e nem teria ido atrás de providenciar a documentação do terreno na prefeitura. Eu simplesmente teria fugido com o dinheiro do pessoal”, argumenta Carlos Henrique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário