segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Mulher quase morre após ser agredida fisicamente pelo esposo

O acusado foi preso e a mulher hospitalizada com fortes evidências de espancamento. 

As marcas por todo o corpo de Ana Valéria da Silva, de 28 anos, revelam o motivo da revolta da sua família e conhecidos. Com olhos inchados, braços, pernas e costas arroxeados, a mulher foi encaminhada para o hospital depois que foi agredida fisicamente pelo esposo, João Carlos dos Santos, na segunda-feira passada (19), no bairro Santo Antônio, em Aracaju.

Fotos: Reprodução/Jornal da Cidade
Em entrevista ao programa Liberdade Sem Censura, o pai da mulher, José Carlos, desabafou e afirmou que quer justiça. De acordo com ele, o que a filha sofreu foi uma tentativa de homicídio.
"O estado em que encontrei a minha filha foi de desesperar. Achei que ela não fosse resistir. Até hoje ela reclama das dores e está tomando remédios fortíssimos", revelou.

João Carlos dos Santos, esposo da vítima (Foto: Reprodução/Jornal da Cidade)
Segundo da vítima, no dia do ocorrido, João Carlos havia ido buscar a esposa no trabalho e, ao chegar em casa, deu início à serie de socos e pontapés que deixaram a mulher imobilizada. O senhor José contou ainda que o marido da filha chegou a aplicar uma injeção na mulher. "Ele a torturou a noite inteira e no dia seguinte ainda aplicou uma injeção, deu um comprimido para a minha filha e foi trabalhar como se nada tivesse acontecido", indignou-se José Carlos.
Ainda de acordo com o pai da mulher, João Carlos teria cortado o cabelo da vítima com uma faca. "Ela chegou a pedir para que ele a matasse e ele disse que preferia que ela sofresse. Depois de ter cortado o cabelo dela, ele furou a mão e as pernas e cortou o dedo dela", relatou o pai de Ana Valéria que disse também que a violência foi motivada por ciúmes e que a filha vivia com o homem sob ameaça.

Ana Valéria e o esposo estavam juntos há cinco anos e já havia ocorrido uma separação, mas, há três meses, o relacionamento foi retomado.

Após denúncia, João Carlos foi preso no último sábado (24) e encaminhado para a Delegacia Plantonista.
 
 
Jornal da Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário